quinta-feira, 17 de março de 2011

Libertadores: Santos perde, Inter vence e Cruzeiro goleia

Zé Roberto comemora o terceiro gol do Internacional na Bolívia

O adversário parecia desconhecido. O modesto Jorge Wilstermann se aproveita da altitude na Bolívia para levar vantagem sobre seus adversários. E dava a impressão de que uma zebra estava pintando, pois logo aos 7 minutos de jogo, uma bola levantada na área do Inter resultou no gol do Jorge Wilstermann. O zagueiro Brown (não, não é o do Manchester United) subiu mais que a defesa colorada e venceu o goleiro Lauro. Um susto que acordou o time gaúcho.
O Inter começou a pressionar o Jorge Wilstermann e, após boa jogada de Oscar pela direita, a bola passou por Tinga e encontrou o zagueirão Brown que anotou contra (o Brown do M. United também anotou o gol contra para o Olympique de Marselha. Mas as semelhanças param por ai). Empate do colorado nas alturas aos 15 minutos de jogo. Desnorteado pelo gol sofrido, os bolivianos viram Guiñazu cruzar da esquerda para a cabeçada sem jeito de Leandro Damião. Gol do Internacional e vira-vira na casa boliviana aos 20 minutos do primeiro tempo. O mesmo Leandro Damião, 5 minutos depois, ganhou a jogada pela direita e deixou na media para Zé Roberto marcar o terceiro gol vermelho na Bolivia. E o primeiro tempo terminou com uma grnade vantagem do Colorado no placar.
O segundo tempo foi morno, com poucas chances para ambos os lados. O Inter até criou com Leandro Damião, que perdeu um gol feito pelo alto aos 11 minutos. O grande momento da etapa final foi só aos 36 minutos, quando Andrézinho serviu o lateral Kleber. O jogador que defendeu a seleção na Copa do Mundo chutou forte, e anotou o quarto gol do Internacional. Com esse resultado, o colorado lidera o grupo 6 com 7 pontos. O Jorge Wilstermann segue na última colocação sem pontuar.


O Cruzeiro goleou o Tolima por 6x1 em casa diante de Mano Menezes

O Cruzeiro teve uma visita ilustre nesta última partida: o técnico da seleção brasileira, Mano Menezes.
Parece que serviu de motivação para a Celeste, pois aos 3 minutos o placar foi aberto na Boca do Jacaré. Só que não foi por um brasileiro. O argentino Montillo acertou um belo chute e deixou a Raposa em vantagem logo no inicio do jogo. O gol fez bem ao Cruzeiro, que contou com uma falha da defesa colombiana para ampliar o marcador, com Wallyson aos 31 minutos. O primeiro tempo se encerrou e o time celeste tinha uma boa vantagem no placar.
Para a segunda etapa, o Cruzeiro entrou em capo disposto a novamente golear pela Copa Libertadores. Aos 17 minutos, Wallyson serviu o meia Roger, que tirou do goleiro e ampliou a vantagem da Raposa na Boca do Jacaré. Com uma certa acomodação no jogo, devido ao placar, o Cruzeiro viu o atacante Marrugo diminuir a vantagem aos 23 minutos, após ficar cara-a-cara com o goleirão Fábio.
O gol tomado serviu como um "chaqualhão" para o Cruzeiro. Aos 25, Wallyson caiu na área e o juíz deu penalti, em lance duvidoso. Roger bateu forte no alto, sem chance de defesa para o goleiro colombiano. A partir daí, o tolima pressionou a Raposa, mas Fábio estava disposto a não levar mais gols e mostrar a Mano Menezes que ele está vivo na briga pela camisa amarelinha.
No final do jogo, aos 44, Gilberto fez o quinto gol do Cruzeiro e nos acréscimos Thiago Ribeiro selou a goleada da celeste sobre o Tolima: 6x1 na boca do Jacaré.
Com esse resultado, o Cruzeiro está com um pé e meio na próxima fase, uma vez que tem 20 gols de saldo e 5 pontos de vantagem sobre o Tolima.

Neymar lamenta a derrota de virada para o Colo Colo no Chile
O Santos segue sem vencer na Copa Libertadores. Com apenas dois pontos em dois jogos, o time da Vila Belmiro se viu na obrigação de bater o Colo Colo no Chile para entrar na disputa por uma vaga na próxima fase. Parecia que ia conseguir, quando Elano chutou falta de longe, muito longe e o goleirão Castillo ex-Botafogo, não conseguiu fazer a defesa em bola que, aparentemente, não levaria perigo.
Com 1x0 no placar, o Santos foi apático no jogo e viu o Colo Colo empatar com Paredes. Após se enrroscar com Durval, o camisa 7 se levantou e bateu no ângulo, sem chances para o goleiro Rafael. Golaço e um placar novamente igual em Santiago, no Chile.
Novamente o Santos se viu na obrigação de ficar na frente do placar, mas foi o time chileno quem virou a partida. Em falha de Elano no ataque, o Colo Colo saiu rapidamente em contra-ataque e Paredes deu belo passe para Miralles fazer o segundo gol no estádio Monumental David Arellano.
Como se não bastasse, o capitão Scotti aproveitou levantamento na área e fez 3x1 ainda na primeira etapa.
No segundo tempo, só deu Santos. Aos 13 Neymar fez boa jogada, cortou o goleiro e bateu de esquerda para diminuir a vantagem. Porém, o ataque santista não foi eficiente contra a equipe chilena, que ainda acertou a trave do goleiro Rafael. Final de jogo, 3x2 para o Colo Colo.
O Santos tem de vencer as próximas três partidas que terá para avançar na Libertadores. Destaque positivo na partida foi a volta de Paulo Henrique Ganso à equipe titular do Peixe. O camisa 10 atuou 87 minutos e não evitou a derrota santista no Chile.

FICHA TÉCNICA
COLO COLO 3 X 2 SANTOS

Local: Estádio Monumental David Arellano, em Santiago (Chile)
Data: 16 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Sergio Pezzotta (Argentina)
Assistentes: Gustavo Esquivel e Diego Bonfa (ambos da Argentina)
Cartões amarelos: Paredes, Scotti, Cabrera, Mena e Cabión (Colo Colo); Pará, Rodrigo Possebon, Neymar e Elano (Santos)

Gols:
COLO COLO:
Paredes, aos 26, Miralles, aos 35 e Scotti, aos 41 minutos do primeiro tempo
SANTOS: Elano, aos 4 minutos do primeiro tempo; Neymar, aos 4 minutos do segundo tempo

COLO COLO: Castillo; Cabión (Ormeño), Scotti, Cabrera e Jérez; Mena (Pavez), Salcedo, Fuenzalida, Jorquera e Paredes; Miralles
Técnico: Américo Gallego

SANTOS: Rafael; Pará, Edu Dracena, Durval e Léo (Rodrigo Possebon); Adriano, Danilo, Elano e Paulo Henrique Ganso (Keirrison); Neymar e Zé Eduardo (Maikon Leite)
Técnico: Marcelo Martelotte (interino)

5 comentários:

Rubi disse...

Santos perdeu HAHUAHHAHAUHAUHAUHA
Eu deveria ter apostado :/
Vi só o começo do jogo, e observando a torcida do outro time, eu já podia imaginar que o jogo não seria nada fácil pro Santos.

Truco ladrão disse...

kaspokasoaksposakopaskopaskaskaskaso
chupaa santos
noss mano... cruzeiro ta mtoo foda ¬¬

dinho-music disse...

Decepção por parte do santos, esperava que o santos ganhasse la, o cruzeiro pra min é o grande favorito ao titulo, e o inter não fez mais que obrigação ja que o adversario é muito fraco tecnicamente.


parabéns amigos. você é o cara.

Israel E. disse...

Ihh!! Vamo Inter!! Embora essa tava fácil... '-'

Anton Alegrin o Ant-Pierrot. disse...

ba! o leandro damião tá jogando muita bola da-lhe inter rumo ao bi!

Postar um comentário