quarta-feira, 23 de março de 2011

Lincoln está de volta ao Palmeiras. Roberto Carlos é vítima de racismo na Russia

O meio-campista Lincoln foi relacionado por Felipão e vai enfrentar o Linense
O Palmeiras fez 17 partidas oficiais e dois amistosos nesse ano de 2011. Dessas 19 partidas, o meio-campista Lincoln participou de apenas duas (amistoso diante do XV de Piracicaba e na estréia no Campeonato Paulista diante do Botafogo-SP). A partir daí, o jogador sentiu uma contusão que o impossibilitou de atuar. Recuperado, Felipão optou por manter o jogador afastado do elenco e o deixou a disposição para procurar outro clube. O jogador quis ficar no Palmeiras.
Com Valdivia machucado, o presidente Arnaldo Tirone deu carta branca a Felipão para escalar Lincoln e, após quase 70 dias o jogador está relacionado e deve ser titular diante do Linense.
"
O Lincoln era uma situação que envolvia a diretoria. A diretoria teve uma conversa preliminar com o atleta, e depois teríamos uma reunião envolvendo ele e o seu empresário para que ocorresse um entendimento entre todas as partes. Como essa situação ainda não aconteceu, resolvi relacioná-lo novamente por achar que tenho um jogador que pode ser útil ao elenco. À medida que achar interessante colocá-lo, tirá-lo ou relacioná-lo, vou fazer isso. Ele continua sendo atleta da equipe e vou colocar ele em campo de acordo com minhas necessidades" disse Felipão ao site oficial do Palmeiras



Roberto Carlos é alvo de racismo na Rússia: O lateral Roberto Carlos, que recenemtente deixou o Corinthians para se transferir ao Anzhi-RUS, foi alvo de racismo em São Petesburgo por torcedores do time local, o Zenit. No pré-jogo, Roberto Carlos se aquecia no gramado junto com os demais jogadores de seu time e também do Zenit quando um torcedor da equipe mandante fez gestos racistas ao brasileiro e chegou até a oferecer uma banana ao jogador. Em entrevista a um site Russo, o jogador de 37 anos disse que não se sentiu abalado por ter visto uma banana. Esta não é a primeira vez que o brasileiro sofre atitudes racistas. Em 2005, quando atuava no Real Madrid, Roberto Carlos foi alvo de gestos racistas por parte de torcedores do Deportivo La Coruña em um jogo pelo campeonato espanhol.
Os torcedores do Zenit também não são acusados de gestos racistas pela primeira vez. Em uma partida pela extinta Copa da UEFA, em 2008, os torcedores da equipe russa se dirigiram a jogadores do Olympique de Marselha-FRA de forma racista.
Se confirmado o inscidente, o Zenit poderá ser punido com partidas com portões fechados aos torcedores.

4 comentários:

dinho-music disse...

lincoln é um bom jogador. enquanto ao que aconteceu com o roberto carlos. isso é uma tremenda falta de respeito ao jogador. a fifa deveria tomar medidas mais severas contra esses tipos de racismo. Infelizmente eles não olham muito para esse assunto.

J.R. disse...

Essa histórias de racismo no futebol são estremamente lamentável!!! Lembro de vários casos e isso serve apenas para sujar a imagem de um esporte tão legal!!

dinho-music disse...

Agora o palmeiras vai engrenar.

bia santos disse...

Em pleno ano 2011 ainda existe racismo, muito triste mesmo...

Faça um post sobre o campeonato mineiro, vai...

Postar um comentário